Em companhia da procuradora geral do Ministério Público de Contas, Germana Laureano, o presidente do TCE, conselheiro Marco Loreto, fez uma visita ao procurador geral de justiça do Estado de Pernambuco, Francisco Dirceu, a fim de pedir apoio para a operacionalização do programa “Tome conta das eleições”. Este programa, que foi lançado na semana passada, destina-se a fiscalizar o gasto público nas 184 prefeituras do Estado durante o período eleitoral. Também esteve presente à reunião o promotor na área do patrimônio público, Maviael Souza.

“É muito importante à colaboração do Ministério Público Estadual para o sucesso do nosso programa”, declarou Marcos Loreto, que pretende visitar também na próxima semana o procurador regional eleitoral. Segundo ele, o TCE pediu ao procurador que os promotores de justiça do interior, que acumulam também a parte eleitoral, dêem respaldo às equipes técnicas do Tribunal para coibir a prática de condutas vedadas pela Lei de Responsabilidade Fiscal, a Lei das Eleições e pela Lei de transição de mandato.

Estão envolvidos na execução do programa cerca de 160 auditores, que foram deslocados pela Coordenadoria de Controle Externo do TCE exatamente para este fim.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 12/09/2018