Comunicamos aos jurisdicionados do Tribunal de Contas, bem como aos senhores advogados, que na próxima terça-feira (18) e quarta-feira (19) as sessões da Segunda Câmara e do Pleno, respectivamente, terão início excepcionalmente às 9h.

Conselheiros do Tribunal de Contas aprovaram na sessão do Pleno da última quarta-feira (6) um voto de pesar pelo falecimento do médico cardiologista Henrique Cruz. O autor da proposição foi a conselheira Teresa Duere. O médico morreu no dia 28 do mês passado, no Recife, e foi sepultado no cemitério Morada da Paz, em Paulista.

A conselheira fez um breve histórico da vida do cardiologista, ressaltando à sua dedicação à profissão que escolheu e o cuidado que tinha com os seus pacientes, independente de classe social. Ele era o único irmão de Ana Maria, viúva do ex-deputado Osvaldo Coelho.

VOTO DE APLAUSO – Na mesma sessão, a procuradora geral do Ministério Público de Contas, Germana Laureano, solicitou um voto de aplausos para a diretoria da Associação dos Membros do Ministério Público Estadual, que tinha como presidente o promotor Roberto Breyner, por ter concluído a sua gestão, desejando votos de sucesso ao novo presidente Marcos Antonio de Carvalho.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 07/06/2018